topo

Postado em 20 de Setembro às 10h52

Mensageiro Seguro 1018

Institucional (65)
Certa Corretora de Seguros e Certificação Digital - Chapecó/SC Serviços da Receita Federal podem ser acessados por certificado digital IGP-Brasil Desde agosto de 2019, os serviços disponíveis pelo sistema virtual da...

Serviços da Receita Federal podem ser acessados
por certificado digital IGP-Brasil

Desde agosto de 2019, os serviços disponíveis pelo sistema virtual da Receita Federal – e-CAC poderão ser acessados por smartphone ou tablet com uso do certificado digital em nuvem emitido por qualquer Prestador de Serviço de Confiança – PSC integrante da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira – ICP-Brasil.
O uso do sistema por meio de aparelhos móveis com segurança é possível graças a implantação do certificado digital em nuvem da ICP-Brasil emitido por um PSC, que armazena as chaves privadas dos usuários finais de certificados em hardwares criptográficos com acesso remoto, permitindo a sua utilização de qualquer local com comodidade.
O acesso ao sistema de serviços virtuais exige a segurança do uso do certificado digital por armazenar informações críticas referentes aos cidadãos. Pelo sistema pode-se realizar ações como verificação de pendências na declaração do Imposto de Renda, retificação de pagamentos e pesquisas de situação fiscal.
A Receita Federal do Brasil explica que o Portal e-CAC é a primeira aplicação a ser adaptada e capaz de aceitar certificados digitais em nuvem de quaisquer Autoridades Certificadoras credenciadas junto à ICP-Brasil.
O acesso ao e-CAC já era permitido desde 2018 com a utilização do certificado digital NeoID do Serpro, que, naquele momento, era o único certificado digital em nuvem no padrão ICP-Brasil, homologado pelo Instituto Nacional de Tecnologia da Informação – ITI. No entanto, a utilização de qualquer certificado digital em nuvem ICP-Brasil, sem que seja necessário alterar as aplicações a cada novo certificado disponibilizado no mercado.
O certificado digital é um documento eletrônico emitido tanto para os cidadãos (pessoas físicas) quanto para empresas (pessoas jurídicas). O uso do certificado ICP-Brasil garante autenticidade, confidencialidade, integridade e não repúdio, culminando em plena validade jurídica às operações realizadas em ambiente virtual, além de ser a única tecnologia que permite a assinatura digital. Para obter um certificado digital em nuvem, o cidadão deve procurar uma Autoridade Certificadora e realizar os procedimentos para a sua emissão. Fonte: ITI

Como o consumo de notícias nos torna infelizes - parte 2


Nas últimas décadas, aqueles mais felizes dentre nós reconheceram os perigos de uma vida com superabundância de comida (obesidade, diabetes) e começaram a mudar as dietas. Mas a maioria, entre nós, não compreende que a notícia é para a mente o que o açúcar é para o corpo.
A notícia aumenta os erros cognitivos – A notícia alimenta a mãe de todos os erros cognitivos: a parcialidade da confirmação. Nas palavras de Warren Buffett, “o que o ser humano faz melhor é interpretar qualquer nova informação de forma a que conclusões anteriores continuem intactas”. A notícia agrava esta falha. Tornamo-nos propensos à superconfiança, corremos riscos idiotas e perdemos oportunidades. Também agrava outro erro cognitivo: a parcialidade da matéria. Nossos cérebros pedem matérias que “façam sentido” – mesmo que não correspondam à realidade.
A notícia inibe o raciocínio – Raciocinar exige concentração. Concentração exige tempo sem interrupções. Os textos noticiosos são preparados para interromper. São como vírus que chamam a atenção para seus próprios objetivos. A notícia transforma-nos em pensadores superficiais. Mas é ainda pior. A notícia afeta gravemente a memória. Por interromper a concentração, a notícia enfraquece a compreensão. O impacto da notícia online é ainda maior.
A notícia funciona como uma droga – À medida que as matérias se desenvolvem, queremos saber como irão continuar. Com centenas de roteiros de matérias em nossas cabeças, essa ansiedade torna-se cada vez mais irresistível. Quanto mais notícias consumimos, mais exercitamos os circuitos nervosos que se dedicam à remoção e às multitarefas, ignorando aqueles usados para raciocínios com focos profundos. A maioria dos consumidores de notícias – mesmo se eles já foram ávidos leitores de livros – perdeu a capacidade de absorver artigos extensos ou livros. Depois de quatro ou cinco páginas, cansam-se, a concentração desaparece, tornam-se inquietos. Não é por se tornarem mais velhos ou porque seus horários ficaram mais pesados. É porque a estrutura física de seus cérebros mudou.
A notícia desperdiça tempo – Se você ler o jornal toda manhã por 15 minutos, depois checar as notícias à hora do almoço por 15 minutos e antes de se deitar, por mais 15 minutos, e acrescentar cinco minutos aqui e ali, quando está no emprego, e depois descontar o tempo de distração e de refocar no tema de seu interesse, você desperdiçará pelo menos meio dia toda a semana. A informação já não é uma commodity escassa. Mas a atenção é. Você não é assim tão irresponsável com seu dinheiro, com sua reputação ou com sua saúde. Por que dar sua mente de graça?
A notícia nos torna passivos – Em sua grande maioria, as histórias das matérias são sobre coisas que você não pode influenciar. A repetição diária de notícias e coisas sobre as quais não podemos agir nos torna passivos. É uma coisa que nos mói até adotarmos uma visão do mundo pessimista, insensível, sarcástica e fatalista. O termo científico é “impotência aprendida”. Pode ser chute, mas não me surpreenderia se o consumo de notícias, pelo menos parcialmente, contribuísse para a amplamente disseminada doença da depressão.
A notícia mata a criatividade – Este é um dos motivos que levam matemáticos, romancistas, compositores e empresários a produzir seus trabalhos mais criativos quando ainda são jovens. Seus cérebros gozam de um espaço amplo, desabitado, que os incentiva a propor novas ideias e ir atrás delas. Não conheço uma única mente verdadeiramente criativa que seja viciada em notícias – nenhum escritor, compositor, matemático, médico, cientista, músico, arquiteto ou pintor. Por outro lado, conheço uma porção de mentes cruelmente não criativas que consomem notícias como drogas. Se você está em busca de velhas soluções, leia as notícias. Se você está em busca de novas soluções, não o faça.
A sociedade precisa do jornalismo – mas de uma maneira diferente. Precisamos de reportagens que fiscalizem nossas instituições e descubram a verdade. Extensos artigos jornalísticos e livros também são bons. Há quatro anos que não leio notícias e, portanto, posso ver, sentir e relatar os efeitos desta liberdade em primeira mão: menos transtornos, menos ansiedade, raciocínios mais profundos, mais tempo, mais intuição. Não é fácil, mas vale a pena.
Rolf Dobelli - empresário e escritor suíço

Campanha institucional do Dpvat conta história
de bailarina que sofreu acidente de trânsito


A bailarina Melina Reis, protagonista da campanha institucional de 2019 do Seguro DPVAT e beneficiária do seguro, realizou mais de 10 apresentações de balé em uma das vias mais movimentadas do país, a Avenida Paulista, no dia 04 de agosto.
O resultado dessa ação, que teve impacto nacional com cobertura ao vivo da GloboNews e foi noticiado na 92ª edição da newsletter Líder Informa, é o mote do novo vídeo publicitário do Seguro do Acidente de Trânsito, que iniciou sua divulgação nas redes sociais no dia 5 de setembro.
Melina Reis sofreu um acidente de trânsito e com a ajuda do Seguro DPVAT continuou fazendo o que mais ama: dançar balé. A história dela foi contada na campanha de mídia nacional do seguro, em uma websérie de cinco capítulos, que pode ser conferida na página www.estamosaquiparavoce.com.br. O site reúne informações sobre o Seguro DPVAT, tira dúvidas da população e conta com um passo a passo de como dar entrada no pedido de indenização. Fonte: Segs

Conselhos Regionais de Medicina adotarão
cédulas de identidade digital com ICP- Brasil


O documento de identificação dos médicos terá versão eletrônica com a segurança assegurada pela Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira – ICP-Brasil. As definições das Cédulas de Identidade Médica – CIM foram apresentadas pelo Conselho Federal de Medicina – CFM na Portaria nº 2.233/2019, publicada na edição desta quarta-feira, 21 de agosto, do Diário Oficial da União.
A carteira de identificação profissional digital será emitida no formato de cartão em policarbonato com chip e QR code, que permitirá a validação do documento em dispositivo móvel – E-CRM pelo aplicativo do CFM, disponível nos sistemas Android e iOS. Constarão da carteira de identificação o nome, filiação, CPF, RG, data de nascimento, naturalidade, registro no Conselho Regional de Medicina, foto, assinatura, além de dados eleitorais.
O documento na versão eletrônica é válido como prova de identificação assim como o documento impresso em papel por possuir as garantias de segurança da ICP-Brasil e a validade jurídica reconhecida pela assinatura digital do CFM. A certidão E-CRM utiliza o certificado de atributo ICP-Brasil.
A atual cédula de identidade de médico, instituída pela Resolução CFM nº 1.983/2012, será gradualmente substituída e continuará válida por período indeterminado para todos os médicos que ainda não tenham providenciado nova emissão. O modelo digital da CIM deve ser solicitado pelo interessado mediante pagamento de taxa. Fonte: ITI

Nova Susep acaba com mais uma maracutaia no Dpvat


É o fim da influência da Seguradora Líder na Susep. Assinada pela superintendente, Solange Vieira, a circular 591/19 revoga a Circular 580/18, a qual havia instituído, em dezembro do ano passado, a Comissão Permanente do seguro DPVAT.
A comissão era composta por representantes da Susep e da Seguradora Líder, podendo incluir outros membros, em caráter provisório ou permanente, na forma estabelecida pelo órgão regulador. Mas o que se via era que a comissão era uma forma de proteger os dirigentes da Seguradora Líder que estavam envolvidos nas irregularidades denunciadas e confirmadas pelo Tribunal de Contas da União. Fonte: Gente Seguradora

Saúde
Que tal um check-up?

Saber se a saúde está em dia é importante para dar continuidade aos planos de vida, sem intercorrências. A maior parte das doenças, inclusive aquelas que parecem surgir abruptamente, é na verdade fruto de um longo processo que se inicia muito antes de seu aparecimento e que segue um curso silencioso, até os primeiros sintomas.
A realização do check-up permite o rastreamento e o diagnóstico precoce de doenças cardiovasculares como o infarto e o AVC; de doenças metabólicas como o diabetes, o hipotireoidismo e a osteoporose; de doenças neoplásicas como o câncer de intestino, de pele, de mama e de próstata; e de doenças infecciosas como as hepatites crônicas e o HIV. Pessoas sem fatores de risco podem iniciar uma rotina de check-up a partir dos 30 anos e realizá-lo anualmente ou a cada dois anos.
O primeiro objetivo do check-up é rastrear sistematicamente a presença de tais fatores de risco com o intuito de modificar o estilo de vida e assim evitar o surgimento da doença. Um segundo objetivo é detectar o mais precocemente possível as doenças já presentes no momento do check-up. Existe finalmente um terceiro objetivo próprio do check-up - a promoção da saúde. Um indivíduo saudável é um individuo que goza de completo bem-estar biopsicossocial em todas as esferas de sua vida. Fonte: Hospital Albert Einstein

Orientação segura
Visão de futuro

A maneira cartesiana de enxergar a vida é assim: nossas escolhas hoje determinam o nosso futuro. Ou seja, eu colho o que planto. Isso está corretíssimo. Mas, num nível mais elevado, é possível inverter essa ordem.
A maneira como você enxerga seu futuro influencia a forma como você vive seu presente. Em outras palavras, nessa hipótese, seu presente passa a ser uma espécie de cheque pré-datado de seu futuro. Ou seja, você passa a plantar coisas grandiosas porque antes enxergou, acreditou e tomou posse de um futuro grandioso.
Por isso, o verdadeiro líder não é aquele que simplesmente extrai seu melhor resultado hoje, mas sim aquele que consegue alimentar sua esperança num futuro melhor.
Não há nada mais poderoso para influenciar a maneira como você vive sua vida agora: sua visão de futuro.
Tudo é uma questão de percepção. Tudo é uma questão de liderança. Poucos alcançam. Fonte: Geração de Valor

Ação Positiva

"Procurando o bem para os nossos semelhantes encontramos o nosso." Platão

Veja também

Mensageiro Seguro 98318/01 Empresas apostam em soluções digitais para otimizar processos A Indústria 4.0 conquista o mercado empresarial e proporciona mais produtividade e agilidade em atividades burocráticas. Tão disruptivas quanto foram as máquinas à vapor na 1ª Revolução Industrial são as novas tecnologias digitais, físicas e biológicas que......
Mensageiro Seguro 97921/12/18 Chapecoense estará em cruzeiro com Roberto Carlos O contador Kermis Marins Silva, de Chapecó, foi um dos ganhadores da promoção Certisign “Emoções com Roberto Carlos 2019”. No período de 22......
Mensageiro Seguro 97309/11/18 A importância de um seguro Nos últimos anos, ter um seguro se tornou quase um item de primeira necessidade. Na tentativa de amenizar prejuízos, muitas pessoas recorrem aos serviços de seguros e consequentemente movimentam......

Voltar para Blog