topo

Postado em 17 de Julho às 11h49

Mensageiro Seguro 1061

Institucional (95)
Certa Corretora de Seguros e Certificação Digital - Chapecó/SC Ano XIV – 18/07/2020 - Edição 1.061 Publicação Semanal da Certa Administradora e Corretora de Seguros Ltda. Edição: Samara...

Ano XIV – 18/07/2020 - Edição 1.061
Publicação Semanal da Certa Administradora e Corretora de Seguros Ltda.

Edição: Samara Braghini

Leia nesta edição do Mensageiro Seguro


1.Oportunidades em tempos de incertezas
2.A importância do corretor de seguros
3.ANS implementa protocolo eletrônico para envio de documentos por usuários externos.
4.Saúde: Transtorno de ansiedade
5.Orientação segura: Novas maneiras de se conectar com empresas no WhatsApp
6.Ação Positiva



Oportunidades em tempos de incertezas

Manter-se aberto às mudanças é a forma mais inteligente e saudável de enxergar oportunidades, criar possibilidades e realizar conquistas em tempos de incertezas.


A vida é um mar de oportunidades, um oceano de possibilidades e um universo de incertezas! Esta é uma afirmação que deveria ser lida todos os dias por homens e mulheres que querem alcançar níveis mais altos de realização e descobrir qual a condição necessária para conquistar o seu sucesso.

O grande desafio da era moderna é entender a sua própria realidade, aonde pretende chegar e ter claro que existem diversos caminhos e, nem sempre, o alvo desejado será atingido. Porém, a caminhada pode ser um valioso aprendizado e o resultado muito melhor do que se espera. A questão é: diante do inesperado, da incerteza, do que foge ao controle, como se posicionar?

Outro dia eu escutava uma canção e uma frase chamou a minha atenção: “Cego não olha para trás”. Tive um insight poderoso. Se um deficiente visual, apesar da sua condição, segue sempre em frente, rumo ao seu destino e atinge seus objetivos, por que o ser humano em geral insiste em olhar para trás? Isso nos ensina que enxergar nem sempre significa ter visão para a vida, para os negócios ou para a carreira. Para desenvolver a visão que nos faz superar os desafios, virar o jogo diante das barreiras e conquistar o desejado lugar ao sol, são necessários alguns passos.

Primeiro, acredite que a vida é um mar de oportunidades. As incertezas são celeiros de oportunidades e, para aproveitá-las, é necessário exercitar as próprias competências e ser flexível o suficiente para encarar cada acontecimento como um aprendizado. Chega de esperar o que podem oferecer para você. Cave suas próprias oportunidades. O que você pode fazer para ter mais da vida? Desconstrua o que for necessário para encontrar o seu próprio eu e, aí sim, terá clareza para promover a guinada necessária para a concretização dos seus projetos, negócios e relacionamentos.

Mergulhe no oceano de possibilidades. Estabilidade é diferente de comodismo. Mais do que em qualquer outro tempo, você deve se manter conectado às exigências do mercado profissional, da sua carreira, da sociedade, dos seus relacionamentos. É possível se reinventar sempre em todas as áreas da vida. Provocar a virada do jogo ou, em outras palavras, manter-se aberto às mudanças é a forma mais inteligente e saudável de mergulhar no oceano das possibilidades.

Desenvolva potenciais para agir no universo de incertezas. A vida é cheia de detalhes, sobressaltos, interferências. Nem de longe pode ser comparada a uma linha reta, com começo, meio e fim. Enfrentaremos altos e baixos, acertos e aprendizados, alegrias e dores, mas o importante é não parar, nem deixar para trás o que acredita ser o melhor.

É tolice correr atrás de prejuízo e tentar recuperar em horas ou alguns dias algo que se acalentou durante anos. Mais vale um passo de cada vez, consciente e consistente, que uma largada veloz para, em seguida, ficar rendido no meio do caminho. Acredite em você e siga em frente.
Por Leila Navarro, empresária, autora de 16 livros e palestrante

A importância do corretor de seguros

O corretor de seguros, ao longo dos anos, foi se aprimorando e se profissionalizando, ao ponto de se tornar mais eficiente, competente e barato do que a venda direta pelas seguradoras.

Nos Estados Unidos não é assim. Na Alemanha, na França e na Itália também não. Nem no Japão ou na Grã-Bretanha. Mas isso não quer dizer que eles sejam melhores.

Quer dizer apenas que são diferentes entre eles e em relação ao Brasil. A verdade é que existem atividades semelhantes, mas com características diferentes, e seu universo vai do agronegócio à geração de energia ou ao setor de seguros. Em cada país, as coisas acontecem de um jeito próprio, que leva em conta a história, a sociedade, as influências e a evolução política e econômica.

A democracia norte-americana não é igual à democracia britânica, mas nem por isso uma é mais democrata do que a outra. A regra vale para todos. As diferenças são parte da realidade humana e interferem diretamente na evolução social, na globalização, na riqueza, nas maneiras de se relacionar, no jeito de ser de cada povo.

A comercialização de seguros nos países elencados é diferente da comercialização de seguros no Brasil? É, mas isso não os faz melhores, nem mais competentes. Significa apenas que cada mercado evoluiu de uma determinada forma, influenciada pela realidade local, suas tipicidades, como território, regionalização, espectro social, riqueza, saúde, escolaridade, urbanização, perfil econômico, industrialização, rede de comunicação, etc.

No Brasil, o corretor de seguros é o grande canal de distribuição de seguros. Essa posição não é decorrente de nenhum cartório garantido por lei, ao contrário, a Lei do Corretor de Seguros e, mais importante do que ela, o Decreto-Lei 73/66, que criou o Sistema Nacional de Seguros Privados, em nenhum momento dão ao corretor de seguros o monopólio da distribuição de apólices e bilhetes.

A venda de seguros diretamente pelas seguradoras está regulamentada na legislação e, no entanto, ela nunca se transformou num canal de distribuição importante, não porque as seguradoras não tenham competência para a sua adoção, mas porque o corretor de seguros, ao longo dos anos, foi se aprimorando e se profissionalizando, ao ponto de se tornar mais eficiente, competente e barato do que a venda direta pelas seguradoras.

Se de um lado – apesar da lei não o definir assim –, de fato, o corretor de seguros é o representante do segurado na sua relação com a seguradora, assumindo a defesa dos seus interesses em todos os momentos, desde antes da contratação da apólice até sua renovação, de outro, a venda direta cria uma série de responsabilidades e custos extras para as seguradoras. Entre os dois modelos, elas preferiram prestigiar os corretores de seguros.

A evolução para o desenho atual não caiu do céu, nem foi fácil. Grande parte dos corretores não vai se lembrar porque não tinha nascido, mas, nos anos 1980, o embate entre os corretores de seguros e as seguradoras ligadas a banco foi duro, causou vítimas e deixou sequelas. A venda de seguros através das agências bancárias foi, durante muitos anos, um ponto de tensão na relação entre as seguradoras ligadas a banco e os corretores.

O quadro só serenou quando as seguradoras aceitaram dar aos corretores as mesmas condições de taxas e remuneração dadas às agências. Aí ficou claro que eles eram mais eficientes e a discussão perdeu força, com bancos inclusive entregando a comercialização de seguros em suas agências para corretores profissionais.

Ao mesmo tempo, um segundo grupo de seguradoras criou sistemas de relacionamento próprios, incentivando parcerias de longo prazo; enquanto um terceiro grupo criou canais baseados em produtos, preço e comissionamento para angariar sua produção.

Atualmente, pelas tipicidades do setor no Brasil – com forte ênfase na classe média e nas empresas –, os corretores de seguros são responsáveis pela grande maioria dos seguros contratados. Com o fim da crise, novos seguros deverão surgir e outras formas de comercialização, inclusive pela internet, deverão ocupar seu lugar, mas não reconhecer a importância dos corretores de seguros é dar um tiro no pé. Fonte: Fenacor

ANS implementa protocolo eletrônico para envio de documentos por usuários externos

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) dá mais um passo em direção à transformação digital e à simplificação de processos. A partir de 13 de julho, a reguladora disponibiliza a todos os usuários externos um protocolo eletrônico para recebimento de documentos exclusivamente por meio do Portal da Agência.

A ferramenta permite a fornecedores, prestadores de serviços de saúde e demais usuários e interessados cadastrar e enviar documentos para abertura e requisição de processos - como, por exemplo, solicitação de certidões, revisões, vistas e cópias de documentos. As operadoras já utilizam essa funcionalidade através de interface específica - o Portal Operadoras.

“A medida vai contribuir para qualificar a gestão dos processos administrativos na ANS, dando mais agilidade ao trabalho e reafirmando o compromisso da Agência com o meio ambiente, a sustentabilidade e a transparência”, ressalta o diretor de Gestão substituto, Bruno Rodrigues. “Essa ação faz parte de um projeto maior, a ANS Digital, que irá proporcionar o avanço da reguladora como uma agência sem papel e cada vez mais incluída nos serviços digitais”, destaca o diretor.

O interessado em usar o Protocolo Eletrônico deverá fazer seu cadastro no Sistema Eletrônico de Informações (SEI). Depois disso, o usuário estará apto a protocolar documentos eletronicamente; visualizar processos como parte interessada - mediante autorização da área responsável pela análise do processo; e assinar eletronicamente contratos, convênios, termos, acordos e outros instrumentos congêneres celebrados com a Agência. Fonte: ANS

Saúde: Transtorno de ansiedade

Ansiedade nada mais é que uma resposta vinda do sistema nervoso autônomo, que age independentemente do nosso pensamento racional, em função de determinadas situações. É a porção simpática do sistema que gera essas reações de resposta ao estresse, preparando o corpo para fugir ou lutar em uma situação de perigo, mesmo que seja algo apenas imaginário.

Com isso, uma alta dose de adrenalina é liberada, causando os sinais mais característicos: aceleração dos batimentos cardíacos; contração dos vasos sanguíneos; dilatação dos brônquios dos pulmões, o que aumenta a respiração; dilatação das pupilas; diminuição da funcionalidade do intestino e liberação de glicose no sangue.

O transtorno de ansiedade, aliada a maus hábitos alimentares, pode causar problemas secundários como a diminuição da absorção de nutrientes pelo intestino e vontade quase infinita de comer doces. Juntos, esses dois fatores podem levar a obesidade, perda da capacidade cardiorrespiratória e outros agravantes, que potencializam os sintomas das crises, levando a uma bola de neve difícil de superar.

Com o tratamento adequado prescrito por especialistas e algumas mudanças comportamentais, é possível até ter alta definitiva e deixar o problema para trás. Por meio da terapia o paciente começa a perceber o que motiva a crise de ansiedade e toma consciência do “gatilho” do problema. Não é um caminho de curto prazo, depende muito de pessoa para pessoa, mas é o mais importante.

Além dos grupos de ajuda e de consultas individuais, outros recursos estão entrando em cena para recuperar pacientes. Dois exemplos são a terapia cognitivo-comportamental e o mindfulness. Fonte: Revista Viva Saúde

Orientação segura: Novas maneiras de se conectar com empresas no WhatsApp

Enquanto muitas empresas se preparam para reabrir suas portas e expandir sua presença online, as pessoas buscam maneiras simples de entrar em contato com os comerciantes, seja para tirar dúvidas, obter ajuda ou encontrar algo que gostariam de comprar.

Atualmente, mais de 50 milhões de empresas utilizam o app WhatsApp Business e outras milhares usam a API do WhatsApp Business. Para ajudá-las a ter mais visibilidade, estamos lançando novos recursos que permitem iniciar conversas e visualizar os produtos e serviços oferecidos por elas no WhatsApp.

Usar o código QR para iniciar conversas com empresas: O código QR funciona como a porta de entrada digital de uma empresa facilitando o primeiro contato de um cliente. No passado, ao encontrar empresas de seu interesse, as pessoas precisavam adicionar manualmente o número de telefone de cada uma delas às suas listas de contatos.

Agora basta escanear o código QR na vitrine de uma loja, em uma embalagem ou em um recibo para iniciar uma conversa com uma empresa no WhatsApp.

A Ki Mindful Wearing, uma marca brasileira de roupas esportivas, adicionou seu código QR exclusivo às embalagens e etiquetas de seus produtos para convidar seus clientes a usarem o WhatsApp para obter ajuda ou mais informações sobre seus produtos.

Ao escanear um código QR, o usuário verá uma mensagem predefinida pela empresa para que ele possa iniciar a conversa no WhatsApp. Com as ferramentas de mensagem do WhatsApp Business, as empresas podem enviar informações rapidamente, como compartilhar seu catálogo, e tornar a conversa mais dinâmica. Para começar a usar o código QR, as empresas podem seguir estes passos simples.

O recurso de código QR está disponível para empresas do mundo todo que usam o app WhatsApp Business e a API do WhatsApp Business.

Compartilhar o catálogo para exibir produtos e serviços: Com o catálogo, as empresas podem exibir e compartilhar os produtos e os serviços que oferecem, o que pode ajudá-las a fechar vendas. Desde seu lançamento no ano passado, o recurso tornou-se uma das maneiras mais populares de interação entre clientes e empresas no WhatsApp.

Prova disso é que, todos os meses, mais de 40 milhões de pessoas visualizam os catálogos de empresas no WhatsApp.

Para que as pessoas possam descobrir produtos e serviços com ainda mais facilidade, as empresas agora podem compartilhar os links do catálogo e de itens individuais em sites, no Facebook, no Instagram e em outras plataformas. Além disso, os clientes também podem compartilhar os links do catálogo ou de itens com amigos e familiares por meio do WhatsApp ou por outras plataformas. Fonte: Segs

Ação Positiva

"Para conhecer os homens é preciso vê-los atuar." Jean-Jacques Rousseau

 

Certa Seguros
Av.Getulio Vargas 1403N Sala 201
Ed.Don Ricardo
Centro, Chapecó/SC
certa@certacorretoradeseguros.com.br
(49)3321-1100??

Veja também

Mensageiro Seguro 97707/12/18 O melhor momento para investimento em previdência privada é agora Quem optar por investir na modalidade PGBL até o final de 2018 pode deduzir as contribuições já na próxima declaração de IR. O fim do ano está próximo, ou seja, é o momento para pensar onde investir o dinheiro extra que chega nessa época, como o 13º......
Mensageiro Seguro 104021/02 Ano XIV – 21/02/2020 - Edição 1.040 Publicação Semanal da Certa Administradora e Corretora de Seguros Ltda. Edição: Samara Braghini Leia nesta edição do Mensageiro Seguro 1.......
Mensageiro Seguro 104128/02 Ano XIV – 28/02/2020 - Edição 1.041 Publicação Semanal da Certa Administradora e Corretora de Seguros Ltda. Edição: Samara Braghini Leia nesta edição do Mensageiro......

Voltar para Blog