topo

Postado em 02 de Julho às 16h48

MENSAGEIRO SEGURO 1111

Institucional (135)
Certa Corretora de Seguros e Certificação Digital - Chapecó/SC Mensageiro Seguro Número 1.111 – Ano XIV – 02/07/2021 Publicação Semanal da Certa Administradora e Corretora de Seguros...

Mensageiro Seguro
Número 1.111 – Ano XIV – 02/07/2021
Publicação Semanal da Certa Administradora e Corretora de Seguros Ltda.
Edição: Samara Braghini



Leia nesta edição do Mensageiro Seguro

1. Inteligência emocional não é apenas para a carreira
2. Setor de Seguros faturou R$ 10,5 bilhões em abril, alta de 17,3%
3. Ministério da Infraestrutura tem 100% dos serviços digitalizados
4. Covid-19 muda perfil de uso de beneficiários de planos de saúde
5. Saúde: Evite o excesso de açúcar
6. Orientação segura: O tamanho dos seus sonhos
7. Ação Positiva



Inteligência emocional não é apenas para a carreira

A autoconsciência emocional é fundamental para melhorar a inteligência emocional e dar início a uma mudança comportamental positiva.

Darnell trabalhava como diretor clínico em um grande hospital. Junto à esposa Emma, era pai de gêmeos recém-nascidos. Durante um período difícil no trabalho, ele perdeu a paciência e gritou com uma enfermeira na frente de uma paciente e sua família. Na mesma semana, em um dia que seus gêmeos não queriam adormecer, Darnell também explodiu em casa. As raízes dos problemas de relacionamento que temos na vida e no trabalho muitas vezes são as mesmas. No caso de Darnell, eram estresse contínuo e falta de autoconsciência.

A Inteligência Emocional não é apenas para o local de trabalho. O cérebro não faz distinção entre nossa vida pessoal e profissional. Obviamente, aprendemos hábitos que nos levam a comportamentos diferentes: há piadas que faríamos com amigos em um bar que nunca repetiremos em uma reunião com diretores no trabalho. Mas, no geral, nossas fraquezas tendem a ser as mesmas em casa e no trabalho, e se revelam de formas semelhantes, apesar dos contextos distintos. Portanto, quando desenvolvemos competências de inteligência emocional, sentimos os benefícios em todos os aspectos da vida.

A autoconsciência emocional é um primeiro passo fundamental para melhorar a inteligência emocional e dar início a uma mudança comportamental positiva. Ela ajuda a reconhecer padrões nas maneiras que reagimos a situações estressantes ou lidamos com desafios inesperados. Com a autoconsciência, podemos dizer a nós mesmos: “Estou prestes a dar um escândalo por causa da minha raiva. Preciso respirar e reavaliar a situação".

Essa consciência é um catalisador para começar a equilibrar as emoções com mais frequência, para evitar explosões e, consequentemente, para ser mais eficaz e compreensivo na comunicação. Encare a inteligência emocional de forma holística. Assim como uma autoavaliação por si só não é capaz de dar um perfil exato, ter noção das suas competências no local de trabalho não passa uma imagem completa de sua inteligência emocional.

Ao compreender a inteligência emocional em termos de nossas experiências enquanto pessoas (cônjuges, pais, amigos), e não apenas enquanto profissionais, podemos reconhecer, com mais facilidade, padrões em nosso comportamento e tomar medidas para melhorar tudo o que permeia nossos relacionamentos. Daniel Goleman - Escritor e psicólogo

Setor de Seguros faturou R$ 10,5 bilhões em abril, alta de 17,3%

O setor de seguros registrou alta no faturamento pelo 11º mês consecutivo. O Boletim IRB+Mercado, relatório da plataforma IRB+Inteligência, aponta ganho de R$ 10,5 bilhões em abril, um aumento de 17,3% frente a igual período de 2020.

A análise, com foco nos seguros de danos, responsabilidades e pessoas, indica acúmulo de R$ 42,9 bilhões em 2021. O resultado mostra variação positiva de 13,4% no faturamento do primeiro quadrimestre deste ano em relação ao mesmo período de 2020, equivalente a R$ 5 bilhões a mais.

Por segmentos, em abril, Vida registrou R$ 4,1 bilhões; Automóveis, R$ 2,7 bilhões; Corporativo de Danos e Responsabilidades, R$ 1,8 bilhão; Individual contra Danos, R$ 785 milhões; Rural, R$ 785 milhões; e Crédito e Garantia, R$ 333 milhões. Já no acumulado dos quatro meses iniciais de 2021, os segmentos de seguros obtiveram: R$ 15,9 bilhões (Vida), R$ 11,3 bilhões (Automóveis), R$ 8,2 bilhões (Corporativo de Danos e Responsabilidades), R$ 3,7 bilhões (Individual contra Danos), R$ 2,6 bilhões (Rural) e R$ 1,4 bilhão (Crédito e Garantia).

Principais destaques de abril, Rural e Vida registraram alta de 45,2% e 26,3%, respectivamente. Em Automóveis, a taxa de sinistralidade, de 54,3%, se manteve em patamares baixos, o que favorece os resultados do mercado. Danos e Responsabilidades registraram crescimento, em abril, de quase 12%, obtendo evolução de 24,3% no quadrimestre. Já o seguro Rural, nos quatro primeiros meses de 2021, teve declínio nos sinistros de 18%, conferindo uma das menores taxas de sinistralidade da série histórica (57,4%). Do total de R$ 5 bilhões a mais que o setor faturou no acumulado de 2021 (de janeiro a abril), os ramos Vida e Corporativo de Danos, individualmente, foram responsáveis por R$ 1,7 bilhão e R$ 1,6 bilhão.

A análise mostra que o índice de Sinistros Ocorridos sobre o Faturamento de Competência, em abril, apresentou aumento de 10,7 pontos percentuais na comparação com o mesmo mês de 2020. No quadrimestre, o índice também apresentou incremento: 4,8 p.p. a mais em relação à taxa registrada no mesmo período de 2020.

O Boletim IRB+Mercado resume as operações de seguros a partir dos dados públicos disponibilizados pela Susep em 07/06, considerando os seguros de danos, responsabilidades e pessoas. A edição também lista os cinco maiores grupos seguradores por linha de negócios. A análise, que é publicada mensalmente, está disponível, na íntegra, no site da companhia (www.irbre.com). Fonte: Segs

Ministério da Infraestrutura tem 100% dos serviços digitalizados

Ação foi reconhecida pelo secretário-adjunto de Governo Digital do Ministério da Economia, Ciro Avelino, durante 2ª Digital Week MInfra

Com 100% dos seus serviços igitalizados, o Ministério da Infraestrutura (MInfra) é considerado um dos destaques no plano de transformação digital do governo federal. No dia 23 de junho, na 2ª Digital Week MInfra, a ação foi reconhecida pelo secretário-adjunto da Secretaria de Governo Digital do Ministério da Economia, Ciro Avelino. Entre os exemplos de serviços on-line voltados ao cidadão estão a Carteira Digital de Trânsito, o Registro Nacional de Veículos em Estoque (Renave) e o Documento de Transporte Eletrônico (DT-e) – este último lançado em maio e que agiliza especialmente a vida da categoria dos caminhoneiros.

O evento foi realizado de 21 a 25 de junho, debatendo os avanços propiciados pelo Portal gov.br, a plataforma do governo federal, e pela estratégia de digitalização no país no âmbito da competitividade da infraestrutura de transportes.

Um dos exemplos citados por Avelino – a Carteira Digital de Trânsito – recebeu em 2020 o Prêmio iBest na categoria serviços. Outro foi o Embarque+Seguro, cuja experiência teve início na última semana com o reconhecimento facial de passageiros na ponte aérea Rio-São Paulo.

A transformação digital do MInfra impacta no desempenho do governo federal, que hoje dispõe de 69% dos seus 4,3 mil serviços totalmente digitalizados para o cidadão no Portal gov.br. A meta é atingir o percentual de 100% até o próximo ano. Fonte: MInfr

Covid-19 muda perfil de uso de beneficiários de planos de saúde

A pandemia de Covid-19 gerou mudança no perfil de utilização dos planos de saúde. A pesquisa do Vox Populi, realizada a pedido do Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS) em abril de 2021, mostra que o crescimento de exames diagnósticos foi maior do que o de consultas médicas nos 12 meses anteriores à entrevista, invertendo a tendência apresentada nas edições anteriores.

"Enquanto em 2015, 2017 e 2019, a maior frequência de utilização dos planos era para consultas médicas, na edição 2021 o maior crescimento foi de exames diagnósticos. O que reforça o maior monitoramento da contaminação por Covid-19 ou ainda da escolha por parte de pacientes de adiarem cirurgias eletivas em função do risco da pandemia", analisa José Cechin, superintendente executivo do IESS. Na edição deste ano, 88% dos entrevistados realizaram exames, contra 78% da anterior. O percentual daqueles que realizaram consultas caiu de 86% em 2019 para 71% neste ano.

Cechin alerta, no entanto, que os procedimentos adiados no último ano vêm pressionando o sistema em 2021. "No primeiro trimestre, a realização de procedimentos eletivos provocou um crescimento de 16% na demanda dos planos no período em relação a 2020, e de 8%, na comparação com 2019, segundo levantamento do setor", analisa.

Em abril, o Vox Populi ouviu 3,2 mil pessoas (1,6 mil beneficiários e 1,6 mil não beneficiários) em oito regiões metropolitanas do país (São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Recife, Porto Alegre, Brasília e Manaus). O levantamento mostra que 92% dos beneficiários de planos de saúde avaliaram como "muito bom" e "bom" o atendimento recebido para casos de Covid-19. Essa é a primeira pesquisa que levanta informações sobre atendimentos no período da pandemia.

O resultado é uma média dos números observados em todas as regiões metropolitanas pesquisadas. "A rapidez no atendimento e nos exames diagnósticos são as principais justificativas para a satisfação", afirma Cechin. "Vale lembrar que a maioria dos beneficiários afirma que o seu plano de saúde disponibilizou atendimento virtual, o tipo de atendimento mais citado e utilizado pelos entrevistados", acrescenta. Entre os entrevistados, o atendimento recebido foi excelente, com 92% de avaliação positiva.

Outro destaque da pesquisa é o de que a pandemia levou o brasileiro a uma mudança no perfil de seus desejos. Como em anos anteriores, contar com um plano de saúde é o terceiro maior desejo do brasileiro, após casa própria e educação. Mas a pesquisa aponta crescimento do desejo de posse de carro próprio, aparelhos celulares, acesso à internet de alta velocidade e computadores. Ou seja, o período da pandemia e as novas necessidades do brasileiro deflagrou um processo de redimensionamento dos desejos da população, ainda que não interfira no ranking de desejos.

Os quatro itens mais desejados continuam sendo casa própria (1°), educação (2°), plano de saúde (3°) e carro próprio (4°). Olhando as edições anteriores da pesquisa nota-se que houve uma alternância entre educação e casa própria na primeira colocação. Já o plano odontológico, que não era avaliado, ficou na nona posição tanto entre beneficiários quanto não beneficiários.

"O medo de contágio pela Covid-19 fez o carro voltar a ser objeto de desejo do brasileiro como forma de evitar deslocamentos em veículos com aglomerações, enquanto o distanciamento social impôs maior uso de dispositivos eletrônicos e banda larga, para consultas em telemedicina e aulas online para filhos em idade escolar, por exemplo", aponta José Cechin, superintendente executivo do IESS. "Tanto essa quanto as demais alterações no ranking de bens e serviços desejados podem ser reflexos da crise sanitária atual", reflete.

De acordo com a pesquisa, mais da metade dos brasileiros sem planos de saúde afirmam que se sentiriam mais seguros frente à pandemia se pudessem contar com o benefício. Entre os pesquisados não beneficiários de plano de saúde, 58% afirmam que estariam mais seguros tendo um plano de saúde neste momento de pandemia de Covid-19.

"Na população entrevistada, apenas 15% dos não beneficiários que sentiram sintomas procuraram o atendimento médico, número inferior aos que possuem plano, com 22%", compara Cechin. "O índice de segurança trazido pelo plano foi ainda maior na região de Manaus, que viu seu sistema de saúde entrar em colapso", aponta. Na região, 72% dos entrevistados disseram que se sentiriam "mais seguros" ou "seguros". O menor número encontrado na amostra foi de 50% nas regiões metropolitanas de Porto Alegre e Rio de Janeiro. Fonte: Segs

Saúde: Evite o excesso de açúcar

Excesso de açúcar na dieta pode contribuir para a cárie dentária e para indesejáveis quilos acumulados na cintura. Muitos alimentos contêm açúcares naturais, o que é geralmente suficiente para assegurar que o corpo tenha combustível para funcionar normalmente.

O preocupante é ingerir muito açúcar adicionado, que é acrescentado aos alimentos durante o processo de fabricação. Consumido em excesso, o açúcar adicionado favorece o aparecimento de doenças como diabetes e obesidade. Portanto, as mulheres devem limitar o consumo de açúcar a 6 colheres de chá por dia (menos do que o encontrado em uma lata de refrigerante normal) e os homens a não mais do que 9 colheres de chá diárias.

Orientações para limitar a ingestão diária de açúcares: - Reduza a quantidade de sobremesas, guloseimas e doces assados consumidos por dia; - Lanche usando alimentos saudáveis para o coração, como frutas e vegetais frescos, cereais integrais e proteínas magras; - Beba água em vez de bebidas com adição de açúcar; - Evite alimentos processados. A maioria é rica em gordura, açúcar e sal; - Asse guloseimas com receitas que usam menos açúcar, ou cozinhe com algum substituto dele. Fonte: IG Saúde

Orientação segura: O tamanho dos seus sonhos

Uma criança chegou diante de um pensador e perguntou-lhe: "Que tamanho tem o universo?". Ele olhou para o infinito e respondeu: "O universo tem o tamanho do seu mundo". Perturbada, ela novamente indagou: "Que tamanho tem meu mundo?". Ele respondeu: "Tem o tamanho dos seus sonhos".

Se seus sonhos são pequenos, sua visão será pequena, suas metas serão limitadas, seus alvos serão diminutos, sua estrada será estreita, sua capacidade de suportar as tormentas será frágil. Os sonhos regam a existência com sentido. Se seus sonhos são frágeis, sua comida não terá sabor, suas primaveras não terão flores, suas manhãs não terão orvalho, sua emoção não terá romances.


A presença dos sonhos transforma os miseráveis em reis, faz dos idosos, jovens, e a ausência deles transforma milionários em mendigos faz dos jovens idosos. Os sonhos trazem saúde para a emoção, equipam o frágil para ser autor da sua história, fazem os tímidos terem golpes de ousadia e os derrotados serem construtores de oportunidades. Sonhe! Augusto Cury

Ação Positiva

"Aquele que sorri em vez de irritar-se é sempre o mais forte." Sabedoria japonesa

 

Certa Seguros
Avenida Getulio Vargas 1403N Sala 201
Ed. Don Ricardo
Centro, Chapecó/SC
certa@certacorretoradeseguros.com.br
(49)3321-1100



Veja também

Mensageiro Seguro 96911/10/18 Cultivar a felicidade Desde os primórdios da humanidade, que o ser humano procura a felicidade como a terra seca clama pela água. É fácil conquistá-la? Nem sempre! Os poetas homenagearam-na, os romancistas descreveram-na, os filósofos contemplaram-na, mas grande parte deles saudaram-na apenas de longe. Os reis tentaram dominá-la, mas ela não se submeteu......
Mensageiro Seguro 103807/02/20 Ano XIV – 07/02/2020 - Edição 1.038 Publicação Semanal da Certa Administradora e Corretora de Seguros Ltda. Edição: Samara Braghini Leia nesta edição do Mensageiro......
Mensageiro Seguro 100521/06/19 Donos de veículos podem indicar um condutor principal ao Denatran de forma online Donos de veículos podem indicar um condutor principal ao Denatran de forma online, com a segurança e validade jurídica do certificado digital......

Voltar para Blog